Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Leite: segurança, qualidade e consumo?

15/05/2008

A Embrapa Clima Temperado desde 1986 investe na pesquisa em Sistemas de Pecuária Leiteira. Em outubro de 2005, inaugurou o Laboratório de Qualidade do Leite (LABLEITE) que teve seu desempenho ampliado com a aquisição do contador de bactérias ,o que possibilitou a inlcusão na Rede Brasileira de Laboratórios de Qualidade do Leite (RBQL) do MAPA.

O Laboratório permite monitorar e qualificar a produção de leite, adequando a região aos padrões internacionais de qualidade, contribuindo com os esforços do MAPA para as questões ligadas ao controle sanitário e à segurança alimentar da sociedade.

Será possível, também, desenvolver trabalhos de pesquisa e desenvolvimento que proporcionem melhorias nos sistemas de produção e, em conseqüência, na cadeia produtiva do leite.

Recentemente, amídia veiculou matérias que mostravam técnicos, profissionais considerados capacitados e/ou qualificados, adulterando o leite e causando um prejuízo a toda a cadeia produtiva, colocando em dúvida a qualidade do leite produzido no Brasil.

É importante salientar, que no Rio Grande do Sul, nada foi comprovado. Portanto, o leite produzido no Estado tem qualidade nutricional e sanitária. Logo, os consumidores não devem deixar de consumir leite, pelos benefícios que este traz a nossa saúde. Medidas de segurança e fiscalização estão sendo tomadas para assegurar a qualidade do produto ofertado ao consumidor.

O leite é, provavelmente, um dos únicos alimentos que tem como objetivo fornecer nutrientes e proteção imunológica (através dos anticorpos) para o recém nascido, o que pode explicar o seu elevado valor nutricional. A composição do leite dos animais, aliado a distribuição equilibrada de certos componentes e a elevada digestibilidade, fazem do leite um dos componentes mais importantes na alimentação humana.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as recomendações para o consumo de leite são:

a) crianças abaixo de 9 anos: 500 ml / dia (2 copos);

b) crianças de 9 a 12 anos: 750 ml / dia (3 copos);

c) adolescentes: 1 litro /dia (4 copos) e

d) adultos: 500 ml / dia (2 copos).

A composição média do leite de vaca é: proteína 3,3%, uma das fontes de nitrogênio mais importantes na nutrição humana; gordura 3,5%, essa gordura é de fácil digestibilidade, além de seu valor nutricional, o qual está ligado com as vitaminas A, D, E, K e caroteno, é rica em ácidos graxos essenciais, que apresentam como benefícios a inibição de alguns tipos de câncer ( intestino, mama e estômago), redução do colesterol total e níveis de triglicerídeos, diminuição da gordura corporal, aumento da massa magra em animais experimentais em crescimento e aumento da resistência à doenças.

Além disso, alguns componentes da gordura do leite apresentam características anti-carcinogênicas (evitam ocorrência de câncer), tais como ácido linoleico conjugado (CLA) e ácido butírico.

A lactose está presente em média 4,7% e sólidos totais 12,5%. A lactose é o açúcar do leite. Apresenta um poder adoçante baixo, é pouco solúvel e apresenta menor tendência de irritação das mucosas do estômago quando comparado a outros açúcares. A lactose atua no intestino promovendo o desenvolvimento de bactérias desejáveis e inibindo o desenvolvimento de bactérias patogênicas (causadoras de doenças). Também é importante, pois melhora a absorção de cálcio, tem efeito levemente laxante, é considerada uma fonte de energia persistente, pois é absorvida mais lentamente e acredita-se que não forme placas dentárias como os outros açúcares.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


Maria Edi Rocha RibeiroEnvie um email!
Pesquisadora - EMBRAPA/CPACT

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

  • pecuaria
    legal tudo debomm pretendo emvestir nesa profissao
    rafaela - 25/05/10 10:38

  • :. ARTIGOS RELACIONADOS

    Artigos por assunto

    Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
    Copyright © 2000 - 2017 Agronline.com.br