Agronline
Página inicial dos artigos
Início
 
Agricultura
 
Agroinformática
 
Desenv. Rural
Economia Rural
 
Pecuária
 
Cercas Ecológicas

Página 2/2

:. Do mesmo autor
A pecuária e as pastagens do Pantanal

Potencial do Agronegócio no Pantanal e a Demanda por Tecnologias

Cheia e Seca no Pantanal: Importância das Fazendas

Muitos fazendeiros que vêm de outras regiões, chegam aqui e começam a implantar novas tecnologias, às vezes sem critérios. Porque os fazendeiros tradicionais não optaram por este tipo de cerca? Porque eles sempre usaram uma cerca de quatro fios? Esta atitude pôde ser vista tempos depois durante uma cheia extrema. Animais silvestres como o cervo tentaram passar por esta mesma cerca para fugir da inundação em busca de locais mais seguros e com alimentação, mas foram impedidos pela cerca. Resultado: morreram de fome.

Estes casos ocorrem geralmente em situações de cheias extremas, onde os animais silvestres tentam passar por este tipo de cerca para fugir da inundação ou quando são perseguidos. Na verdade, nas regiões onde transitam grandes herbívoros silvestres, as cercas deveriam ser ajustadas de modo que a altura do último fio até o solo fosse adequada para a movimentação desses animais.

Um cerca ecológica deve ser construída e ajustada, em função das características edafo-climáticas da região, do tamanho dos animais silvestres existentes e principalmente através do conhecimento das necessidades territoriais e do comportamento espacial e temporal dos animais silvestres. Bookhout (1994) descreve algumas especificações/recomendações para a construção/ajustes de cercas para facilitar a movimentação de ungulados.

Cabe descrever aqui um comentário feito por um antigo fazendeiro da região, o saudoso Sr. Laurindo de Barros: "O uso de cercas com cinco ou seis arames é totalmente desnecessária, cara e anti-ecológica, pois não permite o trânsito livre dos animais silvestres. Cercas com cinco fios de arame só são usadas por alguns fazendeiros nas divisas da propriedade. Bezerro ao pé da vaca não passa debaixo do arame deixando a invernada em que sua mãe está para ir para outra invernada, portanto, o uso de cerca de cinco ou seis arames só serve para encurralar os animais. E nós só usamos arame liso, pois o arame farpado risca o couro provocando bicheiras"

Diante desses fatos, além de verificarmos a importância das cercas ecológicas para a região pantaneira, também podemos constatar a importância de se valorizar e conservar a cultura e a origem do homem pantaneiro, que muito vem contribuindo para a conservação da biodiversidade do Pantanal.

Páginas: anterior 1 2 próxima Topo da página


José Aníbal Comastri FilhoEnvie um email!
Pesquisador - EMBRAPA/CPAP

  Enviar este artigo por e-mail  Imprimir este artigo  Como citar esse artigo 
:. COMENTÁRIOS
    Clique aqui!  E deixe seu comentário sobre o artigo!

:. ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos por assunto

Administração Agribusiness Agricultura de Precisão Agricultura Familiar Agricultura Urbana Agroecologia e orgânicos Agroindústria Agronegócio Agropecuária Familiar Agropesquisa Alimentação Apicultura Avicultura Boi verde e Pecuária orgânica Bovinocultura Caprinocultura Ciência florestal Climatologia Comércio internacional Comunicação Contaminação de águas Cooperativismo Crédito agrícola Crédito Rural Crise Energética Desenvolvimento Rural Desenvolvimento Sustentável Ecologia Educação Exportação Extensão Fauna Silvestre Fertilidade do Solo Fertilidade e conservação do solo Fitopatologia Fitotecnia Forrageiras Fruticultura Genética Horticultura Internet na agricultura Irrigação e Drenagem Marketing Meio ambiente Nutrição animal Ovinocultura Paisagismo Pecuária Leiteira Piscicultura Plantas Daninhas Plantas Medicinais Plantio direto Pragas e doenças Rastreabilidade Animal Sanidade animal Segurança Alimentar Seguro agrícola Sementes Suinocultura Tecnologia Transgênicos Zoonoses
Copyright © 2000 - 2019 Agronline.com.br