Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Pecuária
PA - Sagri entrega reprodutores de búfalos para produtores capacitados no Marajó
Produtores de bubalinos dos municípios de Soure e Cachoeira do Arari receberam no último fim de semana, o certificado do curso de manejo sanitário de búfalos e um touro reprodutor puro de origem (PO), para incentivar a seleção de animais superiores e promover o incremento da produtividade da espécie e de toda a cadeia produtiva na região.

Os produtores foram capacitados pelo Programa de Melhoramento da Pecuária Bubalina no Marajó, desenvolvido pela Secretaria de Estado de Agricultura e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Participam do projeto 50 famílias de produtores familiares rurais.

Durante 40 horas, os produtores tiveram instrução teórica e prática sobre a ordenha dos animais, manejo sanitário, nutrição, imunização contra doenças como tuberculose, brucelose e verminose. Maria Conceição de Sousa, da comunidade de Cuieiras, em Soure, é uma das produtoras beneficiadas pelo programa.

"Imagina o que é prá nós receber esse animal, meus filhos e eu estamos muito esperançosos de melhorar nosso rebanho", disse a criadora de búfalos.

"Estamos investindo em tecnologias, nutrição e genética, para incrementar a produtividade da espécie bubalina no Marajó", afirmou Cássio Pereira, secretário de Estado de Agricultura.

Os animais distribuídos são das raças Murrah e Mediterrâneo, com um custo de até R$ 15 mil e permanecerão com essas famílias durante 24 meses, depois serão repassados para outros pequenos criadores.

"A expectativa é que os primeiros resultados se concretizem no primeiro ano com a melhor nutrição dos animais e aumento da produtividade, especialmente na pecuária leiteira, que é o maior objetivo do projeto", adiantou Andreos Leite, gerente executivo de modernização e produção leiteira da Sagri.

Outro objetivo do programa é o desenvolvimento da produção de queijo do Marajó que é alvo de um estudo de padronização do pesquisador Almir Vieira, da Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra), em parceria com a Sagri e Agência de Defesa Agropecuária do Pará (Adepará). O criador de búfalos Dado Gomes, de Cachoeira do Arari, vive da venda do leite e da fabricação do tradicional queijo do Marajó. Com a tipificação do produto ele espera melhorar a produção e ganhar novos mercados.

Iolanda Lopes- Sagri

Data: 18-08-2009
Fonte: Agência Pará de Notícias
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Genômica e melhoramento genético em bovinos
»Produtores rurais serão beneficiados com a distribuição gratuita de 12 mil doses de sêmen da raça Girolando
»Estado de Roraima é considerado risco médio para febre aftosa
»Embrapa lança software para controle de verminose em ovinos na Agrifam
»Assentados paranaenses contarão com Salas da Cidadania para acessar serviços prestados pelo Incra

Notícias anteriores
09-16/Out  17-24/Out  25/Out-01/Nov  02-09/Nov    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2019 Agronline.com.br