Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Geral
Greening: participação de agentes da cadeia em discussão nesta quinta
O 15º Dia do Viveirista, que ocorre nesta quinta-feira (13/08), em Cordeirópolis/SP, terá discussões específicas sobre greening, conduzidas a partir das palestras.

participam Mario Sérgio Tomazela, da Coordenadoria de Defesa Agropecuária da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado (CDA/SAA), e Cícero Augusto Massari, do Fundo de Defesa da Citricultura (Fundecitrus).

Intitulada “Situação atual da erradicação do greening no Estado de São Paulo”, a palestra de Tomazela tem o principal intuito de conscientizar sobre a importância de cada um dos agentes da cadeia sobre a pior doença de citros do mundo, que hoje está em 235 municípios paulistas.

“O greening, infelizmente, veio para socializar a citricultura. Todo mundo tem de trabalhar”, afirma Tomazela, emendando que não se pode esperar que o Estado “cuide de tudo”, de forma paternalista. Segundo ele, cabe sim ao Estado aglutinar os diversos envolvidos na busca por amenizar o problema, especialmente oferecendo informações sobre como combatê-lo e tentando, por meio de pesquisas, eventuais soluções.

“Vamos mostrar o que é o trabalho da Secretaria no combate ao greening, o que já foi feito e o quanto temos de avançar em conjunto”, disse. Embora classifique o índice de infestação no Estado como “tolerável”, considerando-se o tamanho da citricultura paulista, e avalie que a participação do produtor tem sido crescente - o que os próprios números de entrega de relatórios de inspeção e erradicação têm demonstrado - Tomazela salienta que é sempre possível um empenho maior de todos os “atores” envolvidos.

O trabalho da CDA é realizado em conjunto com o Fundecitrus, que colabora com inspeções. O poder de fiscalizar e autuar cabe à CDA. Já os citricultores são os responsáveis pela inspeção de seus pomares e erradicação das árvores doentes, conforme determina a Instrução Normativa nº 32 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A CDA tem mais de 550 viveiros de citros cadastrados, o que corresponde à produção aproximada de 17 milhões de mudas no período de um ano. A Portaria CDA - 5, de 3 de fevereiro de 2005, ratificada pela Resolução SAA - 10, de 29 de março de 2006 (ambas podem ser consultadas no site www.cda.sp.gov.br), dita as medidas de defesa sanitária e certificação de conformidade.

A laranja é o terceiro produto no valor da produção paulista, perde para cana e carne bovina. Gera 400 mil empregos e as exportações de suco da fruta totalizaram US$ 2,16 bilhões em 2008.

PROGRAME-SE - Promovido pelo Centro de Citricultura ”Sylvio Moreira”, ligado ao Instituto Agronômico da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios da Secretaria (IAC/Apta/SAA), em parceria com a Organização Paulista de Viveiros de Mudas Cítricas (Vivecitros), o 15º Dia do Viveirista terá como temática principal “Muda: a base para uma citricultura sadia”. (A programação pode ser encontrada no site www.centrodecitricultura.br)

SERVIÇO:

15º Dia do Viveirista

Data: 13 de agosto

Horário: 7h45 (inscrições); 8h30 (abertura); a partir das 11h10, enfoque em greening

Local: Centro de Citricultura “Sylvio Moreira”

Rodovia Anhanguera, km 158, Cordeirópolis/SP

Assessoria de Comunicação da Secretaria

(11) 5067-0069

www.agricultura.sp.gov.br

Data: 12-08-2009
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Brandt investe no potencial de crescimento da agricultura brasileira e dobra de tamanho em dois anos
»Mais de duas mil pessoas prestigiam Ação Cooperada em Erechim
»Pesquisa desenvolve biscoito de cereais integrais com recheio de polpa de frutas brasileiras
»AgroBrasília 2017: Sucessão Familiar é tema da Feira
»Nutron auxilia produtores de suínos a diminuir o impacto das micotoxinas

Notícias anteriores
29/Out-05/Nov  06-13/Nov  14-21/Nov  22-29/Nov    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2019 Agronline.com.br