Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Agronegócios
Ex­por­ta­ção agrí­co­la cai 20,7% em ju­lho
As exportações de produtos agrícolas renderam US$ 6,287 bilhões no mês de julho de 2009, o que significou uma queda de 20,7% em relação a julho de 2008, informou o Ministério da Agricultura. Os gastos com importações também caíram. A queda foi de 29,5% em relação a julho do ano passado - para US$ 795,9 milhões.

Os técnicos do ministério minimizaram a queda e lembraram que julho de 2008 - usado como base de comparação - foi o mês que registrou o maior valor exportado da série histórica, que teve início em 1989.

De acordo com o governo, as exportações de açúcar continuam ocupando lugar de destaque na balança comercial do agronegócio. Os embarques desse produto no mês passado renderam US$ 761 milhões - um aumento de 35,1% em relação a julho de 2008.

O crescimento dessas exportações é resultado da elevação de 19,1% nos preços no mercado internacional e de 13,4% na quantidade embarcada. As exportações de álcool recuaram, em dólares, 37,7%, totalizando US$ 175 milhões - resultado da queda de 18,3% na quantidade exportada e de 23,7% no preço.

Segundo o Ministério da Agricultura, o açúcar brasileiro vem ganhando espaço no mercado internacional por causa da quebra de safra na Índia. As exportações para aquele país, no mês passado, cresceram 200% em relação a julho de 2008. No total, as vendas externas do complexo sucroalcooleiro passaram de US$ 844 milhões para US$ 936 milhões, na comparação entre os meses de julho de 2008 e 2009.

Além da Índia, tiveram variações positivas nas exportações brasileiras as compras feitas por Tailândia (126,1%), Indonésia (77,5%), Emirados Árabes Unidos (77,3%) e Coreia do Sul (74,7%). O Oriente Médio (7,2%) e a África (0,3%) foram as regiões que também apresentaram aumento nas vendas brasileiras, em julho.

Já a compra de produtos no Exterior teve redução, em reais, de 14,4%, isto é, de R$ 1,8 bilhão para R$ 1,54 bilhão. Em dólar, a variação negativa foi de 29,6% em julho de 2009, comparada ao resultado de julho do ano anterior, passando de US$ 1,129 bilhão para US$ 795 milhões. Os gastos com a importação de trigo representaram mais de 15% do total - de US$ 208 milhões, em julho de 2008, para US$ 87 milhões, em julho de 2009. Isso significou uma queda de 37,6% na quantidade importada e uma redução de 33,2% no preço médio. Os valores importados de arroz e milho aumentaram 38,6% e 63,1%, respectivamente. (AE)

Data: 12-08-2009
Fonte: Folha de Londrina
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Sicredi marca presença na 4ª Semana Nacional de Educação Financeira
»Com foco em produtos sustentáveis, Arysta LifeScience participa do CPAgro 2017 da Copacol
»FMC estimula produtores a praticar ações eficazes de manejo na AgroBrasília 2017
»CARNE FRACA: Mapa anuncia ações contra fraudes a embaixadas de 29 países
»Laticínios Davaca aposta em ERP da Sankhya para melhorar a gestão do negócio e sustentar ritmo de crescimento acelerado

Notícias anteriores
29/Out-05/Nov  06-13/Nov  14-21/Nov  22-29/Nov    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2019 Agronline.com.br