Brasil, 24 de abril de 2014.
Ir para a página inicial Agrolinks Comunidade Ciência & Tecnologia Informação Negócios Publicidade
   
 
 Artigos
 Eventos
 Notícias
 Cadastre-se
 Agrociência
 Software
 Categorias
 Mais visitados
 Classificados





Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Geral
Epagri/SC destaca resultados de pesquisa do cultivo de oliveiras no Estado
Projeto de pesquisa da Epagri assegura viabilidade do cultivo de oliveiras no Estado. A atual safra de azeitonas surpreende pela alta produtividade das plantas.No Brasil, produzir azeitonas ainda é um desafio. Mas, o que eram dúvidas e interrogações, hoje são certezas para o engenheiro florestal Dorli da Croce, pesquisador da Epagri em Chapecó. “Eu acredito que vamos ser grandes produtores de azeitonas”, afirma.

Dorli coordena o Projeto Oliveiras executado pela Epagri em 10 regiões do Estado: desde o extremo oeste até o litoral. Em todas as unidades foram plantadas pelo menos 36 cultivares. São oliveiras destinadas à extração de óleo e outras específicas para a produção de conserva de azeitonas. O projeto teve início em 2005 com o plantio de mudas vindas da Espanha, de Portugal e outras coletadas em terras brasileiras, especialmente no Rio Grande do Sul, Minas Gerais e até mesmo em Santa Catarina.

“De 200 plantas que temos aqui na estação de Chapecó, 180 estão com frutos”, diz o pesquisador, esclarecendo que os resultados são mais surpreendentes ainda porque o clima foi adverso durante o período de floração. “Tivemos excesso de chuvas e até mesmo granizo”.

No ano passado, Dorli fez a colheita dos primeiros frutos da oliveira e já realizou testes para a produção de azeite e conserva de azeitona. Avaliações realizadas asseguraram que o azeite é de excelente qualidade.

Se alguém ainda tem dúvidas sobre o potencial das oliveiras em Santa Catarina, é só fazer uma visita ao pomar do agricultor Tranquilo Scolaro, no município de Caçador. A produção das plantas é tanta que o produtor teve até que escorar os galhos, por causa do excesso de frutos. O pomar experimental, conduzido com o acompanhamento técnico, prova que também fora dos centros de pesquisa, as oliveiras firmam-se como mais uma alternativa econômica importante para Santa Catarina. “O projeto está cumprindo com seu objetivo e mostra que é possível ter em nosso Estado mais uma cultura viável de alto valor agregado”, completa o pesquisador.

Fonte: Epagri/SC

Data: 19-03-2010
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Últimas Notícias
Notícias relacionadas
»Conferência de Pós-Colheita está com inscrições abertas para trabalhos
»Produtores do DF conhecem maracujazeiro silvestre da Embrapa
»Produtores têm 30 dias para contrapor laudos da Funai para a região de Buriti
»CNA defende alternativas para ampliar a oferta de energia e a rede de transmissão
»Você sabia que a maior criação de tartarugas do país fica no Paraná?

Notícias anteriores
16-23/Mar  24-31/Mar  01-08/Abr  09-16/Abr    

Copyright © 2000 - 2014 Agronline.com.br