Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Geral
Criadores mineiros de tilápia agora têm associação
Está sendo criada em Minas Gerais a Associação Mineira dos Criadores de Tilápia (Minas Tilápia), que tem por objetivo facilitar a troca de experiências, conhecimentos, o aprimoramento do processo de criação, a compra em comum de insumos e melhores condições de negociação do produto. Também será criado o selo de qualidade Minas Tilápia, para dar mais segurança ao mercado consumidor, além de um conselho técnico para prestar consultoria aos criadores.

Inicialmente, a Associação será formada por um grupo de 30 criadores, com capacidade de produção aproximada de 260 toneladas ao mês e capacidade de processamento, em quatro frigoríficos, de 20,5 t/turno/dia (60 t/dia).

"Esses produtores representam a linha de frente tecnológica no Estado. Eles estão se unindo em busca de mercado interno, que é grande e não conhece bem o peixe. Quando estiverem estruturados e fortalecidos vão exportar para a Europa, Estados Unidos e Ásia", afirma o coordenador de Piscicultura da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), José Eduardo Rasguido, que está coordenando a formação da Associação. "A Emater-MG vem recebendo pedidos de exportação de tilápia, motivo pelo qual estamos organizando a exportação", afirma Rasguido.

"Temos um mercado internacional comprador, mas ainda não temos condições de atendê-lo. Com a criação da Associação pretendemos estimular a criação de outros frigoríficos para conseguirmos escala para exportação", afirma Ronaldo Brandão Vieira, dono da Piscicultura Vale do Peixe, em Felixlândia.

Na piscicultura Vale do Peixe, a produção mensal é de 11 toneladas de peixe. O frigorífico tem capacidade de processar 3 toneladas por dia, que significa uma necessidade de comprar 70 toneladas de peixe por mês de outros piscicultores.

"Uma vez estabelecidos e consolidados os processos de produção, processamento e comercialização, a Associação vai adquirir produtos dos pequenos produtores, que poderão comercializá-los nos frigoríficos mais próximos", afirma Eduardo Rasguido.

Os organizadores da Minas Tilápia se reuniram esta semana, na sede da Emater-MG, para formação de chapa única visando a eleição da diretoria. A votação está marcada para o dia 1° de dezembro e a posse está programada para 10 de fevereiro de 2006, também na sede da Emater-MG, com exposição de produtos derivados do peixe.

APROVEITAMENTO

Da tilápia tudo se aproveita. Apesar de o filé ser o principal produto da Associação, destinado ao mercado interno, o peixe será utilizado integralmente, inclusive o couro, para artesanato. As vísceras se destinarão à alimentação de outros animais e a carcaça, após processamento em uma máquina que separa o espinho da polpa da carne, será utilizada na merenda escolar e na fabricação de uma variedade de salgados empanados.

Os quatro frigoríficos de Minas Gerais produzem filé de tilápia. Um deles, em Espera Feliz, também produz artesanato com o aproveitamento do couro, que em Matozinhos é aproveitado para confecção de calçados. Os de Juiz de Fora e Funilândia produzem salgados empanados.

Outra vantagem é que a tilápia não tem espinho em Y (muitas vezes causa o engasgamento) como as espécies nativas (piau, tampacu, pacu, etc.), tem carne branca com pouca gordura e sem cheiro acentuado. O consumo desta espécie está aumentando no mercado internacional, por ter Ômega 3 na gordura, o que beneficia a saúde.

O consumo de peixe em Minas Gerais está em torno de 4 quilos por pessoa por ano, sendo que 40% é de tilápia. A Organização Mundial de Saúde recomenda um consumo de 20 quilos por pessoa ao ano.

Data: 23-11-2005
Fonte: Ascom/Emater-MG
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Inscrições para encontro de gestores de Bancos de Alimentos podem ser feitas até dia 22
»FAZU (Faculdades Associadas de Uberaba) quer se tornar referência internacional em produção agropecuária para os trópicos
»Treinamento abordará dietas para bovinos de corte
»Zootecnia de precisão é tema da sala paralela da Farmcontrol na PorkExpo 2014
»FAEMG participa de Seminário do Soja Plus

Notícias anteriores
15-22/Set  23-30/Set  01-08/Out  09-16/Out    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2014 Agronline.com.br