Brasil, 24 de abril de 2014.
Ir para a página inicial Agrolinks Comunidade Ciência & Tecnologia Informação Negócios Publicidade
   
 
 Artigos
 Eventos
 Notícias
 Cadastre-se
 Agrociência
 Software
 Categorias
 Mais visitados
 Classificados





Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Geral
Pesquisador reproduz com sucesso camarão pitu em cativeiro
O pitu, camarão nativo brasileiro listado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) na categoria de espécies ameaçadas, pode estar mais próximo de voltar a aparecer com abundância nos rios, seu habitat natural. Um estudo desenvolvido em Pernambuco pode ajudar o repovoamento de áreas onde esse crustáceo não é mais achado com freqüência.

Coordenado pelo pesquisador Petrônio Coelho, do Departamento de Oceanografia da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), um estudo realizado em cativeiro conseguiu obter 90% de pós-larvas de camarão pitu. Até hoje pesquisas desse gênero tinham obtido no máximo 10%.

O índice atingido no estudo realizado no Nordeste é superior inclusive ao encontrado na natureza. Segundo disse o cientista ao Jornal do Commercio, do Recife, "no meio natural, de cada 100 mil ovos, apenas dois ou três chegam à fase de pós-larva".

No cativeiro os pesquisadores também conseguiram uma velocidade de crescimento maior. Nos rios o pitu demora aproximadamente dois anos e meio para chegar a 90 gramas. Nos tanques, ao serem alimentados com ração para camarão, os crustáceos chegaram ao mesmo peso em 225 dias.

O pesquisador da UFPE, no final do estudo, fez um repovoamento simbólico dos rios Una, ao sul do Estado de Pernambuco, e do São Francisco, que corta cinco Estados da região Nordeste, além de um pedaço de Minas Gerais. O trabalho efetivo de repovoamento ainda está em estudo.

As informações são da agência Fapesp.

Data: 28-02-2005
Fonte: Clic RBS
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Últimas Notícias
Notícias relacionadas
»Conferência de Pós-Colheita está com inscrições abertas para trabalhos
»Produtores do DF conhecem maracujazeiro silvestre da Embrapa
»Produtores têm 30 dias para contrapor laudos da Funai para a região de Buriti
»CNA defende alternativas para ampliar a oferta de energia e a rede de transmissão
»Você sabia que a maior criação de tartarugas do país fica no Paraná?

Notícias anteriores
16-23/Mar  24-31/Mar  01-08/Abr  09-16/Abr    

Copyright © 2000 - 2014 Agronline.com.br