Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Geral
MG - Emater implanta hortas em escolas públicas do Estado
O cultivo de hortas em escolas públicas vem movimentando e motivando educadores, alunos, extensionistas, em vários municípios do Estado. Em muitos projetos, o destaque fica por conta da atuação da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG), que estimula o aproveitamento de terrenos ociosos, o consumo de alimentos saudáveis na merenda escolar, por meio do plantio de hortaliças e legumes, e ainda oferece cursos de capacitação para professores, alunos e funcionários das escolas. Uma vez implantadas, as hortas são assistidas pelos extensionistas de escritórios locais da Emater-MG.

No município de Paiva, Zona da Mata, os alunos das escolas municipais e estaduais já estão colhendo os resultados desse projeto. Após o Curso de Horticultura realizado pela Emater-MG, no mês de julho passado, a área da horta existente foi ampliada e novas variedades de mudas plantadas. No local estão sendo cultivadas alface, beterraba, cebola, salsa, almeirão e repolho, mas já está nos planos aumentar ainda mais o espaço. A proposta agora é plantar pimentão, jiló, brócolis, mandioca, abóbora, laranja, limão, tangerina, goiaba e acerola.

“Promovemos o melhoramento da horta, eliminamos mão de obra paga, porque foram os jovens capacitados que fizeram a reconstrução. Construímos uma horta educativa”, explica o extensionista de Paiva, Wellerson Masson. Ele ressalta que, com o conhecimento adquirido no curso, os estudantes vão poder ajudar também em hortas caseiras. Por terem participado da capacitação, os alunos receberam kits de sementes de quiabo, cenoura, beterraba, abobrinha e alface do Programa Minas Sem Fome, gerenciado pela Emater-MG. A idéia é que eles aproveitem as sementes para desenvolver hortas domésticas.

Para os alunos das escolas, o aprendizado já está sendo aplicado: “Aprendemos a mexer na horta, a cultivar. Existiam algumas coisas que eu não sabia também, como plantar as mudas de forma correta e fazer a adubagem. Agora vou poder ajudar meu pai na horta lá de casa”, explica Rafael Dias Nepomuceno, um dos estudantes que participou do curso em Paiva. “Já ensinei muitas coisas que a minha mãe e meus primos não sabiam”, completa orgulhoso.

Em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, os projetos de hortas escolares beneficiam alunos de sete escolas municipais e uma estadual. O trabalho é feito em parceria com o Programa Municipal de Agricultura Urbana e Familiar. Segundo o extensionista da Emater-MG em Contagem, Humberto Porcaro Ramos, toda a produção é aproveitada pelos alunos, que levam as hortaliças para o consumo familiar, uma vez que nas escolas a merenda é fornecida por empresa terceirizada.

Para o extensionista, além de contribuir na segurança alimentar das famílias dos alunos, os projetos têm efeito pedagógico. Segundo ele, “as hortas auxiliam na formação do caráter dos estudantes, por meio da divisão das tarefas e da solidariedade coletiva”. De acordo com Humberto, as escolas que desejarem participar, podem fazer solicitação junto à Secretaria Municipal de Ação Social de Contagem. O órgão se encarrega de determinar uma visita e avaliação das condições técnicas do local. Caso a horta seja implantada, será acompanhada semanalmente. Todo o processo é feito de forma participativa, com base na agroecologia, garante o técnico da Emater-MG.

Também em Belo Horizonte, cerca de 40 escolas públicas, a maioria municipais, desenvolvem com o suporte da Emater-MG, projetos de hortas. Cerca de 44.739 alunos estão sendo beneficiados pelas iniciativas. É o caso dos estudantes da Escola Municipal Padre Flávio Giammeta, no Barreiro. No local, mais de mil alunos têm a merenda escolar complementada com o plantio de couve, cenoura, beterraba, salsa e cebolinha, segundo a extensionista da Emater-MG, Elenice Lamounier. Ela desenvolve esse e outros projetos, em parceria com a Secretaria Municipal de Abastecimento e também defende o caráter educativo da ação. “É importante mostrar para os estudantes de onde vem o alimento. Muitos acham que é simplesmente do sacolão. Além disso, esse é um trabalho que estimula uma alimentação saudável”, conclui.

De acordo com a extensionista, projeto semelhante está sendo implantado na Escola Municipal Anísio Teixeira, no Bairro União. Na próxima terça-feira (8), os alunos da escola deverão iniciar o plantio de hortaliças e ervas medicinais, em pneus, já que o estabelecimento não tem área. O trabalho deverá beneficiar diretamente 1.345 estudantes, segundo a coordenadora, Patrícia Campos Moreira.

Os produtos vão reforçar a principal refeição fornecida pela escola: o almoço. No futuro, se houver produção excedente, a proposta é que seja destinada à comunidade carente do bairro, informa Patrícia. A ideia partiu da professora de Ciências, Fátima Aparecida de Oliveira. Ela concebeu o projeto da horta escolar com o auxílio da extensionista Elenice. Inicialmente, participarão da iniciativa os quase 120 alunos que compõem o 3º ciclo da escola.

Para participar de projetos de hortas escolares em Belo Horizonte, as instituições de ensino deverão enviar ofício solicitando a implantação para o e-mail: gapco@pbh.gov.br ou pelo fax (31) 3277-6366. Em outros municípios, que desenvolvem projetos iguais, as informações podem ser obtidas nos escritórios locais da Emater-MG.

Data: 04-09-2009
Fonte: Governo de Minas Gerais
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Brandt investe no potencial de crescimento da agricultura brasileira e dobra de tamanho em dois anos
»Mais de duas mil pessoas prestigiam Ação Cooperada em Erechim
»Pesquisa desenvolve biscoito de cereais integrais com recheio de polpa de frutas brasileiras
»AgroBrasília 2017: Sucessão Familiar é tema da Feira
»Nutron auxilia produtores de suínos a diminuir o impacto das micotoxinas

Notícias anteriores
07-14/Jul  15-22/Jul  23-30/Jul  31/Jul-07/Ago    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2020 Agronline.com.br