Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Agronegócios
JBS nega compra de empresa de aves nos EUA
A JBS negou nesta quarta-feira a aquisição da Pilgrim’s Pride, companhia norte-americana que está entre as maiores no setor avícola nos Estados Unidos e no México. A informação, que chegou a ser divulgada pelo “Wall Street Journal”, dava como certa a transação avaliada em mais de US$ 2 bilhões.

A Pilgrim’s recorreu à recuperação judicial no ano passado, mas deve sair entre o final deste ano e o início de 2010. No ano passado, a companhia registrou vendas de US$ 8,5 bilhões, com abates de 45 milhões de aves por semana. Como outras empresas do setor avícola, a Pilgrim’s Pride passou a ter problemas com o agravamento da crise financeira, que levou muitas companhias a cortar a produção e fechar unidades.

A possível aquisição da Pilgrim’s, também noticiada pelos jornais “O Estado de São Paulo” e “Valor Econômico”, seria muito semelhante à da Swift, realizada em 2007. Naquele momento, a tradicional companhia norte-americana enfrentava problemas financeiros. A empresa que nasceu desse negócio foi rebatizada de JBS USA e opera no azul.

Em julho, o frigorífico JBS pediu ao regulador do mercado norte-americano autorização para emitir ações e levantar até US$ 2 bilhões. Na época, o presidente da empresa, Joesley Batista, afirmou que a empresa pretende retomar o crescimento da companhia, por meio de aquisições e expansão orgânica.

O JBS iniciou o trimestre com R$ 2,3 bilhões em caixa e conta com linhas de crédito no exterior de US$ 560 milhões.

Segue a íntegra da nota divulgada pela JBS.

“A JBS S.A. (JBSS3), em atendimento ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários ("CVM") nº 358, 03 de janeiro de 2002, conforme alterada, e em decorrência das notícias recentemente divulgadas na imprensa, a saber: (i) em 01.09.2009, pelo jornal "O Estado de São Paulo" (edição nacional); (ii) em 02.09.2009, pelo jornal "Valor Econômico" (edição nacional), vem informar a seus acionistas e ao mercado em geral que analisa de forma rotineira e constante oportunidades de investimento para a expansão e o crescimento orgânico de suas atividades, conforme já amplamente divulgado. Nesse sentido, informamos que não existe, no momento, qualquer transação e/ou compromisso firme que justifique a divulgação de fato relevante relativo à eventual aquisição de empresas pela Companhia.

A Companhia informará os seus acionistas e o mercado de qualquer ato ou fato envolvendo oportunidade de negócio tão logo haja desenvolvimento que assim o justifique, em plena observância às normas aplicáveis da CVM e às boas práticas do mercado sobre disclosure de informações.” Com informações da Época Negócios.

Fonte: Pecuaria.com.br

Data: 03-09-2009
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Sicredi marca presença na 4ª Semana Nacional de Educação Financeira
»Com foco em produtos sustentáveis, Arysta LifeScience participa do CPAgro 2017 da Copacol
»FMC estimula produtores a praticar ações eficazes de manejo na AgroBrasília 2017
»CARNE FRACA: Mapa anuncia ações contra fraudes a embaixadas de 29 países
»Laticínios Davaca aposta em ERP da Sankhya para melhorar a gestão do negócio e sustentar ritmo de crescimento acelerado

Notícias anteriores
07-14/Jul  15-22/Jul  23-30/Jul  31/Jul-07/Ago    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2020 Agronline.com.br