Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Pecuária
Leite: Produtor pede investigação sobre subsídios no Mercosul
O aumento expressivo das importações de produtos lácteos da Argentina e do Uruguai deverá levar o governo brasileiro a investigar os subsídios concedidos aos produtores pelos países vizinhos. "Recentemente, tivemos informações fidedignas de que Argentina e Uruguai estão subsidiando os seus produtores", afirmou o presidente das Comissões de Pecuária de Leite da Faemg (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) e da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), Rodrigo Sant"Anna Alvim.

De acordo com ele, o subsídio à produção causa uma distorção no mercado, que poderia, inclusive, levar o governo brasileiro a pedir a abertura de um painel na OMC (Organização Mundial do Comércio).

O aumento das importações vem ocorrendo desde o início do ano. Em abril foi firmado um compromisso entre os pecuaristas brasileiros e o Centro da Indústria Leite Argentina, para limitar as exportações do produto em pó para o Brasil em até 2,5 mil toneladas por mês entre abril até dezembro deste ano.

No entanto, segundo Alvim, os pecuaristas argentinos já solicitaram o aumento dessa cota ao Brasil, pelo menos até o início do período de safra, que ocorre a partir de outubro. Uma reunião deverá ser realizada entre produtores brasileiros e argentinos na próxima semana, possivelmente no dia 9 de setembro. "Não queremos proteger, mas defender o mercado interno brasileiro de possíveis práticas desleais de comércio, que estão previstas pela OMC", ressalta Rodrigo Alvim.

A grande preocupação do setor é que as exportações brasileiras de produtos lácteos caíram vertiginosamente devido à crise financeira mundial. De janeiro a junho, o Brasil exportou apenas US$ 109,9 milhões e importou US$ 151 milhões. Este é o primeiro déficit comercial do país desde 2004, primeiro ano em que o País foi superavitário na balança comercial de lácteos. Entre janeiro e julho de 2008, o saldo na balança atingiu um superávit de US$ 166,5 milhões. No mesmo intervalo deste ano, o resultado foi um déficit de US$ 41,1 milhões.

Data: 02-09-2009
Fonte: Campo News
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Genômica e melhoramento genético em bovinos
»Produtores rurais serão beneficiados com a distribuição gratuita de 12 mil doses de sêmen da raça Girolando
»Estado de Roraima é considerado risco médio para febre aftosa
»Embrapa lança software para controle de verminose em ovinos na Agrifam
»Assentados paranaenses contarão com Salas da Cidadania para acessar serviços prestados pelo Incra

Notícias anteriores
02-09/Jul  10-17/Jul  18-25/Jul  26/Jul-02/Ago    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2020 Agronline.com.br