Agronline
Página inicial dos artigos
Notícia
 
Agricultura
 
Agronegócios
 
Geral
Pecuária
 
Política
 
Tecnologia
 
Inicio > Agricultura
Ministro lança Plano Safra Nordeste em Icó, no Ceará
Anacélia Lemos, de 21 anos, é cearense da região de Icó, a 375 quilômetros da capital Fortaleza. Só agora ela conseguiu fazer a carteira de trabalho.

"Hoje eu me sinto uma verdadeira cidadã porque estou recebendo hoje os documentos. Espero que eu consiga um emprego para trabalhar com carteira assinada".

Anacélia é uma das mais de 500 pessoas que participaram nesta terça-feira, dia 1º, na praça central de Icó, do lançamento do Plano Safra Nordeste 2009/2010. São agricultores familiares, ex-posseiros e trabalhadoras rurais beneficiados – alguns, pela primeira vez – pelas políticas públicas do governo federal. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, participou do

“A gente tem confiança que a agricultura familiar no Ceará, que a agricultura familiar no nordeste, que por tanto tempo foi deixada de lado, ela pode, sim, numa parceria do governo federal com o governo do estado, crescer e crescer muito”.

Nesta safra, a estimativa é colocar 2 bilhões e meio de reais à disposição de 850 mil agricultores familiares nordestinos. Os recursos atendem a linhas de custeio, investimento e comercialização do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, o Pronaf. Só para o Ceará, são 450 milhões de reais, recursos que vão beneficiar cerca de 150 mil agricultores.

Maria Gilmara Silva, de 26 anos, mora no Assentamento Rosa Luxemburgo, no município de Jaguaruana. Ela trabalha em um grupo de 18 mulheres artesãs e agricultoras familiares. Foram buscar o crédito Apoio à Mulher e receberam dois mil e quinhentos reais por família:

"Vai aumentar a renda da família e não só das mulheres, mas do assentamento todinho".

A partir de agora, os assentados do nordeste também passam a ter acesso ao Pronaf. Eles representam cerca de cinco mil ex-posseiros que receberam o título de propriedade da terra por meio de um convênio entre o Incra e o governo do estado.

Seu Edmilson Augusto da Silva, de 62 anos, é um deles e fala sobre a expectativa de

mudança de vida:

"Eu acho que muda porque esse terreno documentado vira mais trabalho".

Para o lançamento do Plano Safra Nordeste, o MDA levou, até Icó, uma unidade-móvel do Programa Nacional de Documentação da Trabalhadora Rural, que vai circular pelo estado do Ceará.

Também conhecidas como Expresso Cidadã, essas unidades são ônibus equipados para emitir, na hora, documentos civis e trabalhistas para as mulheres do campo. Um esforço do governo para a garantia da igualdade de gênero no meio rural.

Assessoria de Comunicação Social MDA/Incra

(61) 3961-6512 / FAX (61) 3961.6504

Data: 01-09-2009
Fonte: MDA
  Enviar está notícia por e-mail  Imprimir esta notícia 

Notícias relacionadas
»Resistência na ferrugem da soja ganha força
»Resistência na ferrugem da soja ganha força
»Produtores do RS já colheram 8,5 milhões de toneladas de arroz
»SC quer erradicar cancro europeu dos pomares de maçã
»Curso Internacional de Sementes: Fisiologia e Qualidade

Notícias anteriores
02-09/Jul  10-17/Jul  18-25/Jul  26/Jul-02/Ago    

Noticias recentes

Copyright © 2000 - 2020 Agronline.com.br